Ir para o conteúdo principal

Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os termos e condições de privacidade.

A partir de 27 de junho de 2017, a Intrum Justitia e a Lindorff uniram-se para criar a maior empresa de serviços de gestão de créditos no mundo.

Para mais informações, pode ler aqui por favor

Divirta-se com o sol … mas não queime suas finanças

As férias são o descanso merecido para todos nós. A promessa de viajar nas férias é muito tentadora, mas devemos certificarmo-nos que mantemos as nossas finanças sob controlo.

Para muitos de nós, ir de férias significa viajar. E viajar durante as férias de verão pode custar muito dinheiro. E se a conta de poupança estiver vazia? Ainda assim, sentimos que trabalhámos muito e merecemos uma viagem. Não queremos ser os únicos em casa, olhando fixamente as fotos no Facebook dos nossos amigos a divertirem-se num paraíso ou na praia. Então, o que vamos fazer?

Para alguns, um empréstimo para financiar férias é uma opção séria. De acordo com o European Consumer Payment 2016, estudo anual realizado pela Intrum Justitia, oito por cento dos Portugueses pensam que não é um problema pedir um empréstimo para financiar a viagem.

Enquanto a maioria das pessoas inquiridas (76%) não consideraria a hipótese de recorrer a empréstimos para financiar a viagem de férias, os restantes 16% não tem opinião formada.

Começar a economizar atempadamente, muito antes das férias, é obviamente a melhor maneira de evitar empréstimos para férias, mas, se não for possível, é importante ter em mente o seguinte:

  1. Pague as contas antes de ir de férias. Se deixá-las por pagar e recorre a empréstimos para ir de férias, as coisas poderão ser piores quando regressar de férias.
  2. Faça um orçamento para as suas férias e mantenha-o consigo. Saiba o quanto pode gastar todos os dias e controle esse valor.
  3. Faça um orçamento para o período após férias para certificar-se de que pode pagar o empréstimo. Tenha em mente que pagar um cartão de crédito em prestações pode ser mais caro do que outros empréstimos.
  4. Procure opções de viagem mais baratas. Talvez possa ficar com amigos noutro país, utilizar viagens aéreas de baixo custo, ou mesmo explorar a possibilidade de trocar casas com pessoas de outros países que desejam visitar o nosso país.

Aproveite as suas férias, mas certifique-se de que não as fica a pagar por muito tempo.