Ir para o conteúdo principal

Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a utilização de cookies e com os termos e condições de privacidade.

Intrum Justitia reforça liderança mundial através de fusão com multinacional Lindorff

A Intrum Justitia anunciou hoje a fusão com a Lindorff, reforçando o seu posionamento como líder no setor e maior fornecedor de serviços de gestão de crédito a nível mundial.

Da fusão da Intrum Justitia com a Lindorff resulta uma presença local em 23 mercados em toda a Europa e uma equipa de mais de 8.000 profissionais, proporcionando a oferta integrada de serviços em toda a cadeia de valor, beneficiando de sinergias entre a compra e a cobrança de dívida. Uma resposta lógica às exigências dos clientes e à mutação da indústria, que inclui evolução do setor bancário, análise de dados e melhores práticas na gestão de cobranças.

Os acionistas da Intrum Justitia e da Lindorff deterão aproximadamente 53% e 47% das ações, respectivamente, na entidade resultante da fusão.O Fundo Nordic Capital VIII, actualmente o accionista maioritário indirecto da Lindorff, passará a ser o maior accionista indirecto dessa entidade.

Para Luis Salvaterra, Diretor Geral da Intrum Justitia Portugal, «Com esta fusão, os clientes das duas empresas beneficiarão de uma plataforma pan-europeia forte, oferta de serviços melhorada e soluções inovadoras. Juntas, terão uma escala e uma posição única no mundo que permitirá impulsionar e consolidar o setor da gestão de crédito, um setor que continua bastante fragmentado».

De acordo com o responsável da Intrum Justitia, «estaremos preparados para responder de forma eficaz às necessidades do setor bancário europeu, que enfrenta hoje grandes alterações regulatórias e que vai necessitar de soluções externas no âmbito da gestão de crédito. O mesmo vai acontecer com outros setores, como as telecomunicações ou os serviços públicos, que precisam cada vez mais de especialistas para a recuperação dos seus créditos. Com esta junção, estaremos numa posição priviligiada para responder a estas exigências do mercado. Dado que a Lindorff não está presente em Portugal, os clientes portugueses não irão sentir qualquer alteração estrutural resultante desta fusão, mas o impacto em Portugal será traduzido no reforço da nossa capacidade, com base na experiencia global, de sermos capazes de fornecer uma oferta completa de serviços para melhorar os seus resultados pela retenção de clientes, melhorar as cobranças e a tesouraria da sua empresa» reforça Luís Salvaterra.

Fundada em 1898, a Lindorff é uma das principais empresas europeias de serviços de gestão de crédito. A empresa com sede em Oslo, na Noruega, tem 4.400 funcionários em 13 países.

Sobre a Intrum Justitia
A Intrum Justitia é a maior consultora europeia de serviços de gestão de crédito e cobranças (CMS), oferece um vasto leque de serviços incluindo a compra de créditos e que tem como missão melhorar o cash flow e a rentabilidade a longo prazo dos seus clientes. Fundada em 1923, a Intrum Justitia tem 3,850 empregados em 20 países. A faturação consolidada em 2015 foi de 602 milhões de euros. Intrum Justitia AB está cotada na bolsa Nasdaq de Estocolmo desde 2002. Para mais informações, por favor visite: www.intrum.com

Sobre a Lindorff
Fundada em 1898, a Lindorff é uma das principais prestadoras de serviços de gestão de crédito europeia, oferecendo serviços de cobrança de dívidas e compra de dívidas, bem como serviços de pagamento e facturação. A empresa tem 4.400 funcionários em 13 países, com sede em Oslo, na Noruega. Em 2015, a Lindorff gerou 534 milhões de euros de facturação. A Lindorff é maioritariamente detida pelo Nordic Capital Fund VIII. Para mais informações, visite www.lindorff.com